22 May 2007

Sporting Memories #6 - Juskowiak

Juskowiak em acção num jogo contra o SalgueirosDe acordo com o jornal A Bola, o nosso antigo avançado Andrezj Juskowiak disputou no passado domingo o seu último jogo de futebol profissional. Juskowiak, hoje com 36 anos, representava desde 2004 o Erzgebirge Aue, clube que disputa a 2ªdivisão Alemã, e despediu-se com um golo bem útil para o seu último emblema (garantiu o empate da sua equipa contra o TSV 1860 de Munique).
Não podia deixar passar em claro a retirada do futebol profissional deste grande avançado polaco que vestiu as nossas cores entre 1992 e 1995. É quase impossível esquecê-lo. A sua presença em campo, aliada às suas características físicas (alto, loiro e com bigode) era única em Portugal.
Juskowiak chegou ao Sporting em 1992/1993 oriundo do Lech Poznan. Tinha acabado de receber a medalha de Prata nos Jogos Olímpicos de Barcelona e era uma grande aposta de Bobby Robson e de Sousa Cintra. Afirmou-se facilmente num plantel onde andavam Iordanov, Cadete e Capucho (que na altura era mais ponta de lança do que extremo) e deixou memórias.
Durante os 3 anos em que esteve em Alvalade, Juskowiak actuou por 87 vezes (nas várias competições) e marcou 32 golos. Um desses golos ainda hoje está bem vivo na minha cabeça. Foi contra o Boavista na época de 1993/1994 e podem vê-lo no vídeo do final do post. Por outro lado, o Juskowiak está também associado a uma das minhas primeiras grandes frustrações enquanto adepto leonino. Aquele fatídico jogo da UEFA de 94/95 contra o Real Madrid, em que o "Jusko" faz um remate já perto do final dos 90 minutos e leva a bola a embater nos dois postes, desperdiçando a grande oportunidade que tivemos para eliminar um Real por onde andavam jogadores como o Laudrup, o Butragueño e o Zamorano.
Enfim, aos 36 anos, Juskowiak abandona o futebol. Para um avançado foi um caso de longevidade ímpar nos dias que correm. Que tenha toda a sorte do mundo na actividade que decidir seguir.

5 comments:

Anonymous said...

Que golão!!!
Eu estava lá!!! Lembro-me perfeitamente da jogada e do golo...Os sócios ficaram em histería completa e o estádio "veio abaixo" com o golo!!!
Ganhámos 2-0 ao Boavista. O treinador era Carlos Quiróz, o adjunto o José Alberto Costa e o treinador de guarda redes era o luso americano Dan Gaspar.
Meses depois, o "Roquetismo" apoderava-se do nosso Clube...

Corduroy said...

Grande Jusko!!! Que belissíma equipa tinhamos na altura...

Anonymous said...

Obrigada por nos teres proporcionado relembrar este grande golo que ainda se encontra na memoria de muitos de nós.

leao_xxi said...

Um belo jogador, com muita categoria e que nos deu muitas alegrias!!!!

Mistica Verde said...

Ao primeiro anónimo:

Só uma pequena correcção. O resultado foi 3-1 para nós, com golos do Jusko, do Figo e do Balakov (outro golão). O boavista marcou no fim pelo Nogueira (mas deste golo confesso que já nem me lembrava e tive que ir ver ao Almanaque do Sporting :) )